Sobre a Criodente 1

Serviço CRIODENTE

O serviço Criodente permite-lhe a criopreservação da polpa dentária de dentes definitivos, seguindo as normas internacionais e cumprindo com os requisitos da Lei n.º 12/2009 e subsequentes alterações, estando por isso autorizado pela Direção-Geral da Saúde.

Pode optar pela criopreservação da polpa dentária de dentes definitivos pelo período de 25 ou 30 anos.

A criopreservação de células estaminais da polpa dentária consiste no armazenamento em fase gasosa de azoto, a uma temperatura de -156°C, para que toda a atividade biológica cesse e as células estaminais se mantenham em estado latente, permitindo a sua conservação por um longo período de tempo. O arrefecimento é feito de forma gradual e controlada para assegurar a viabilidade das células estaminais.

O serviço Criodente inclui também o armazenamento de 1 amostras de sangue periférico e 1 amostra de plasma sanguíneo do dador, em banco paralelo pelo período contratualizado.

A nossa equipa

A área científica da Biosckin é liderada por um grupo de investigadores e professores universitários, com doutoramentos na área da Bioengenharia, Biomateriais, Biomedicina, Medicina Regenerativa e Terapias Celulares.

Direção Técnica é assumida pela Dr.ª Ana Paula Paixão Barbosa, Licenciada em Ciências Farmacêuticas, pela Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP) e com Pós-graduação em Análises Clínicas pela FFUP.

Direção Clínica é da responsabilidade do Dr. António Pinto Ribeiro, médico especialista em Hematologia Clínica e Oncologia Médica, licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).

O nosso laboratório

O laboratório da Biosckin segue as normativas e respeita os padrões de Qualidade, de acordo com as normas ISO 9001 e NP 4457, AABB e as diretrizes FACT que regulam os bancos de criopreservação de amostras biológicas.

O nosso Sistema de Gestão da Qualidade utiliza técnicas de vanguarda que garantem a rastreabilidade da sua amostra, desde que adquire o seu Kit CRIODENTE, até à colocação da polpa dentária do dente definitivo no tanque final para armazenamento. Garantimos que utilizamos sempre as mais avançadas tecnologias e metodologias eficazes.

Referência nacional e internacional

As recomendações internacionais éticas e regulamentares exigem que as unidades de polpa dentária sejam criopreservadas isentas de contaminações e em condições de Boas Práticas de Fabricação – BPF (do inglês Good Manufacturing Practices – GMP).

Estas condições de processamento e armazenamento das amostras devem estar em conformidade com os princípios de boas práticas de fabricação estabelecidos por vários órgãos reguladores internacionais, como a Food and Drug Administration (FDA) estadunidense (https://www.fda.gov/) e a European Medicines Agency (EMA) europeia (http://www.ema.europa.eu/ema/) entre outros tantos órgãos regionais, nacionais e internacionais.

Assim, é garantida a qualidade e a segurança das amostras e a eficácia da sua utilização em Medicina Regenerativa.

Relatório final de criopreservação

É emitido um relatório final de criopreservação da polpa dentária do dente definitivo criopreservado, acompanhado de todas as análises bioquímicas e microbiológicas efetuadas às amostras.

Esta evidência é de extrema importância, uma vez que apenas este tipo de análises oferece a garantia de que as amostras poderão ser aceites para aplicação clínica, em qualquer unidade hospitalar nacional ou estrangeira.

Resgate da amostra

Biosckin oferece o serviço de isolamento e expansão das células estaminais mesenquimatosas presentes na polpa dentária (DPSCs) no momento da sua aplicação clínica.

O processo de isolamento e expansão demora aproximadamente 15 dias. Os reagentes utilizados não são de origem animal, de modo a assegurar a sua utilização clínica.